Monday, May 07, 2007

Magia, classe, técnica, força, Anderson...


FCPORTO -2 -Nacional -0
(Anderson, Fucile)
Eu e mais cerca de 40 mil espectadores fomos uns felizardos por Jesualdo se lembrar, finalmente de colocar Anderson a tempo inteiro. O Miúdo foi fenomenal. A 1ªparte do FCPorto foi arrasadora mas um festival de golos falhados fez aumentar a ansiedade. Na 2ª metade os golos lá apareceram e o Dragão exultou. O BI está ali tão perto... Arbitragem vergonhosa de Cosme Machado, ele e o fiscal de linha J. Oliveira deviam descer automaticamente, penalty sobre Adriano descarado e golo mal anulado a Lisandro. Fizeram de tudo para que houvesse outro resultado. A magia e a classe de Anderson não deram hipótese. Excelentes exibições de Bosingwa, João Paulo, Jorginho, Lisandro e Fucile (excelente desmarcação no lance do 2º golo). Está quase! O meu sorriso no final do jogo, à saída do Dragão, não enganava ninguém, o Porto convenceu-me que vai lá chegar. Assim seja.

6 comments:

TQLG*** said...

Tambem espero que consigámos o título nós merecemos depois de tanta luta e classe durante esta época fantástica com muitas alegrias e algumas tristezas.....o nosso presidente tem de receber o presente ideal nesta comomeração dos 25 anos na presidência:o campeonato!!

Anonymous said...

lucho

tripeiro said...

Pois é portistas...faltam quatro pontinhos para a revalidação do título Nacional!!
Foi uma excelente exibição da equipa de Jesualdo Ferreira.
Anderson até que enfim foi titular.
O nosso miúdo jogou muito bem fazendo um golo e uma assitência. Bosingwa também jogou muito bem. Foi completamente dele o lado direito do campo. Correu muito e fez bons cruzamentos para a área do Nacional.
Entrámos muito bem no jogo, criando várias oportunidades de golo. Deviamos ter acabado a primeira parte em vantagem e isso era o mais justo. Na segunda parte não entrámos muito bem mas depressa regrassámos ao controlo do jogo muito por força das substituições feitas pelo treinador.
Anderson inaugurou o marcador e a dois minutos do fim deu o golo a Fucile.

Faltam quatro pontinhos...

Um Abraço,
Tripeiro
http://magicoporto.blogs.sapo.pt

Dragonis said...

Grande jogo do Bosingwa, o que não me espanta nada... Se esse gajo tivesse juízo já era um dos jogadores mais importantes do plantel. Até porque é o único campeão europeu que ainda temos dentro do relvado e conheceu a raça e a mistíca que se perderem em Gelsenkirchen. Até penso que devia ser o capitão de equipa natural desta equipa. O Lucho nunca me parece ter atitude nem carisma suficiente para comandar a equipa dentro de campo...

Dragonis said...

Só agora me apercebi que cometi uma pequena heresia no comentário anterior... Sem ofensa, Lucho! eh eh

O Lucho é grande jogador, claro. Mas acho que tem uma personalidade muito fechada para animar as tropas. Também acho que foi para segurá-lo por aqui mais uns tempos que lhe deram a braçadeira, aumentando-lhe o estatuto dentro da equipa e do balneário. E que fique aqui por muitos anos, pois claro!

lucho said...

:)