Thursday, April 26, 2007

F.C.Porto silencia «Inferno da Luz» e está a uma vitória do hexacampeonato !!!

Pentacampeões festejam vitória na Luz (2-3)
Ilídio Pinto e Franclim Pais

BENFICA - 2 - F.C.PORTO - 3

O Pentacampeão FCPorto foi ontem à Luz derrotar o Benfica por 3-2 e está agora a apenas mais uma vitória do hexacampeonato (inédito em Portugal). No jogo de ontem Ventura abriu o marcador mas só na 2ª metade se consumou a vitória Portista com Emanuel Garcia e Pedro Gil a darem a cambalhota no marcador e a silenciarem um pavilhão da Luz infestado de Mouraria. Quando a 6 minutos do fim Pedro Gil marca o 3º golo as faces de desespero dos anfitriões provocaram um gozo imenso na minoria azul e branca que assistiu ao jogo. Deve-se lamentar também que a RTP se tenha recusado a dar o jogo e o mais grave de tudo, a PSP não permitiu que cerca de 120 elementos dos SD Gaia (com bilhete) entrassem no pavilhão. Em dia de Liberdade esta atitude (digna do regime fascista) é vergonhosa. Mas assim dá mais gosto. Sábado lá estarei (17h) e o hexa tornar-se-á realidade !!


18 comments:

Anonymous said...

A PSP só cumpriu ordens do Patrão Vieira e do seu representante fantoche instalado no Norte Rui Moreira. Esta é democracia que essas criaturas desejam e que bradam aos quatro ventos.
O nosso clube com palhaços como Rui Moreira, nunca.

Menphis_Child said...

Ora bem, coitado do Rui Moreira ainda não percebi o que uma coisa tem a haver com a outra, o que um jogo de hóquei tem a haver com ele.

Sábado vai ser um grande dia para os portistas, o Hexa vai ser realidade e depois, à noite, o Bi ficará mais perto.

um abraço

Anonymous said...

No dia da Liberdade !!!!!! barra-se a entrada de cidadãos portugueses na Capital do Império.
Muitas lições de democracia temos de ter destes ilustres democratas, nós, habitantes do Norte de Portugal.
Quando a PSP e a RTP se prestam a estes serviços, naturalmente que estes figurões se sentem como os Rumsfelds do Terreiro do Paço.
Novo 25 de Abril já!

Anonymous said...

A RTP não transmitiu o jogo, porque todos os meios de exteriores foram deslocados para o novo hospital da Luz, para a enfermidade do Rei.
Se o Rei de Portugal é aquele, quem será o herdeiro do trono?
E ainda se admiram de Salazar ganhar eleições, chiça.....

Anonymous said...

1. O Senhor Rui Moreira confirmou ser um «Homem dos Tempos Modernos».

O Porto, Clube e SAD, têm órgãos sociais - Assembleias-Gerais - nos quais se ganham e se perdem eleições. O Senhor Rui Moreira não «gosta» desses locais. Normalmente, não vai lá. Prefere utilizar (exclusivamente) os Jornais e a Televisão para, sem contraditório, dizer o que lhe vai na alma e para lançar uma série de insinuações que, ao melhor estilo de «Octávio Machado», não concretiza.

2. O Senhor Rui Moreira confirmou ser um «Homem dos Tempos Modernos»; e o «Homem dos Tempos Modernos» é aquele que fala de tudo, quer perceba quer não perceba do assunto sobre o qual emite «opinião». Hoje fala da gestão do Porto - Clube e SAD, ontem falou da gestão da Câmara do Porto, anteontem das flores do Parque da Cidade, amanhã, sabe-se lá, talvez da pesagem das sardinhas na Lota de Matosinhos. Mas se de tudo fala, é natural que de nada fale com sustentação e que sobre muita coisa erre no modo e no conteúdo das suas opiniões.
Daí que não seja de espantar que, numa altura em que o título de campeão estava à distância de cinco duras batalhas, o Senhor Rui Moreira não se tenha coíbido de emitir a sua douta opinião sobre quem deve e quem não deve ser o treinador do Porto, sobre o conteúdo funcional do cargo de treinador do Porto (que, pelo que ficamos a saber, não se deve pronunciar sobre um ponto específico dos jogos da sua sua equipa: as arbitragens) e, até, sobre quem deve e quem não deve ser «vendido» no actual plantel do Porto. Pelo timing e pelo conteúdo, uma opinião que em muito se assemelha às que ao longo dos últimos 30 anos fomos ouvindo de «ilustres» sócios e simpatizantes dos nossos rivais de Lisboa. Com os bons resultados que todos conhecemos.

3. O Senhor Rui Moreira confirmou ser um «Homem dos Tempos Modernos»; e o Homem dos Tempos Modernos é o que é proto-candidato a vários cargos, mas nunca se apresenta a eleições enquanto não tiver garantida a vitória. Assim foi nas últimas eleições para a Câmara Municipal do Porto ( veja-se em http://jn.sapo.pt/2004/12/18/em_foco/aceitaria_c_andidato_pelo_ps.html ) ,
assim voltou a ser nas eleições que se aproximam no Porto. Por isso, não é de espantar que, tendo, como tem, uma visão tão crítica acerca do modelo de gestão do Porto (Clube e SAD), tendo na sua cabeça uma visão tão clara acerca do futuro do Porto (Clube e SAD), não se tenha, já, apresentado aos sócios do Porto como alternativa. É que, como bom Homem dos Tempos Modernos que é, prefere jogar no (com o) quarto poder, do que sujeitar-se a essa coisa abominável que são os votos emitidos pelos sócios do Porto nas Assembleias-Gerais, onde, coisa aborrecida, pode haver quem não concorde com ele e, pasme-se, não «dê» o voto a mente tão esclarecida.

Em suma, atento o teor da entrevista, se o Senhor Rui Moreira não fosse um «Homem dos Tempos Modernos» e fosse um «Homem do Porto» teria, com toda a legitimidade que a sua qualidade de sócio do Porto lhe confere, apresentado uma candidatura à Presidência da Direcção do Clube. Mas como é um «Homem dos Tempos Modernos» ficou-se pelo Diário de Notícias.

Duarte Gonçalves

caxana said...

hheheheheh mais uma para depenar a galinha.......

abraço


www.bibo-porto-carago.blogspot.com

Zé Luís said...

No 25 de Abril, as forças do REGIME recearam uma invasão pacífica de adeptos portistas. Só para ver o medo que incutimos aos mouros, lá pensaram em dividir o País contra as forças "reaccionárias" que nunca se cansarão de combater o centralismo e o bafio que impera em Lisboa.
Até parecia a barricada de Rio Maior em 1975.
Que tristeza de país!

ze da povoa said...

Meus amigos,
Eu já assisti, há muitos anos atrás, à PSP de Lisboa a obrigar os adeptos do FCP a esconder as bandeiras, alegando que, se desfraldadas ao vento, poderiam ser entendidas como uma provocação às gentes moiramas!
Por isso, não é de admirar o que foi feito aos elementos dos SD.

jdm.dragão.lisboeta said...

A propósito de Pavilhões, estou INDIGNADO com a atitude inaceitável da Polícia para com os adeptos e a claque SD, que já tenho criticado, mas que foi impedida de exercer um dos direitos mais elementares do Estado de Direito e Democrático. A Livre Circulação de Pessoas no nosso País, no caso para se deslocarem ao pavilhão dos 'benfas' para assistir e apoiar o FCPORTO no segundo jogo dos play-off de Hóquei Patins, que acabamos por ganhar por 3-2.
Acho que ainda vivemos num Estado de Direito, mas que às vezes parece não ser...
E por falar em «às vezes», às vezes ainda há textos, mesmo no Record, que apesar de serem mais do que naturais, nos surpreendem pela positiva, como o que aqui transcrevo da edição online daquele jornal, assinado por Luís Avelãs.

«Sou, sempre fui e tenho a certeza que jamais deixarei de ser defensor dos valores que estiveram na origem do 25 de Abril de 1974. Mandar às malvas uma ditadura que castrava a evolução, a todos os níveis, da sociedade foi essencial para o País andar para a frente. Ainda assim, admito, dava jeito que, mais de três décadas depois da Revolução, Portugal estivesse melhor. Tentar perceber o que tem impedido um salto mais significativo na qualidade de vida de todos nós é assunto que merece dicusssão mais aprofundada. Adiante...

Vem tudo isto a propósito da inacreditável proibição de que foram alvo cerca de 100 adeptos do FC Porto que, imagine-se, tiveram a "ousada" ideia de se deslocar a Lisboa para apoiar o clube do seu coração numa importante partida referente à final do "playoff" do Nacional de hóquei em patins.

Quando ouvi a notícia nem queria acreditar. O autocarro alugado pelos "Super Dragões" foi barrado pelas autoridades em Alverca. Explicaram os polícias que a segurança dos portistas não podia ser garantida no Pavilhão da Luz.

Sempre pensei que qualquer português, independentemente de ser do Porto ou de Lisboa, adepto dos dragões ou das águias, podia deslocar-se livremente pelo País e assistir, desde que munido do respectivo ingresso, a todos os espectáculos desportivos ou de outra índole. Pelos vistos, estava enganado!

Sei que os duelos entre Benfica e FC Porto, nos últimos tempos, têm sido marcados por algumas cenas de violência, mas daí a proibir que um cidadão em plena posse dos seus direitos se desloque a onde quer que seja é impensável num País que se diz de direito.

Mas, para além da questão essencial, existem outras que não entendo:

- Se a Polícia tinha intenções de impedir a viagem dos "Super Dragões", não devia ter acabado com a deslocação logo no Porto? Porquê a barragem só em Alverca? Se calhar podiam tê-los deixado chegar à Segunda Circular...

- Se houve disponibilidade para colocar tantos agentes da autoridade em Alverca, de forma a assegurar o "bloqueio", não era possível utilizar essa mesma força policial para garantir a segurança dos adeptos portistas na Luz? Que se saiba, por muita rivalidade que exista, o recinto dos encarnados não é propriamente num bairro de Bagdad...

- Quem vai pagar o aluguer do autocarro e os bilhetes que os adeptos "barrados" garantiram ter em sua posse?

- Segundo os adeptos portistas, a Polícia explicou-lhes que fora o Benfica a comunicar a proibição. A ser assim, pode concluir-se que os clubes têm mais poder que as autoridades?

Enfim, um "filme" verdadeiramente ridículo, cujas "cenas" decorreram precisamente a 25 de Abril. Há com cada ironia...».

Só espero que se investigue esta atitude. Quem é que "MANDOU" atrasar o relógio da História??? Eu reafirmo a minha INDIGNAÇÃO!!!
Ah, e espero que a CSocial, os políticos, o MP, a Justiça, se pronunciem. Tratou-se de um episódio muito grave!!!

FORÇA FCPORTO!!!

'jdm.dragão.lisboeta'

jdm.dragão.lisboeta said...

Em complemento a um meu comentário anterior, registo mais este desabafo...

Vergonhoso e muito GRAVE foi o que aconteceu neste País no designado DIA DA LIBERDADE!!!
Espero que haja ATITUDE e se exijam CONSEQUÊNCIAS.
Sinto-me triste e ofendido, enquanto CIDADÃO e PORTUGUÊS e, claro, também como PORTISTA.
Afinal, não é um DIREITO CONSTITUCIONAL circular livremente neste País???
Eu nem sequer admito que os adeptos, neste caso os SD, que já tenho criticado por certas atitudes, não tivessem o direito de ir ao jogo. E se estavam lá duas claques 'benfas', teria que ser salvaguardado o espaço a que o visitante, no caso o FCPORTO, tinha direito. Trata-se também aí de um atentado às regras da própria competição desportiva, com ofensa para a chamada 'verdade desportiva'.
Parece um país descontrolado, onde a lei da selva, o autoritarismo ilegítimo e a mediocridade prevalecem. Ninguém é responsável? A federação de hóquei, as autoridades...e agora a Justiça vai actuar? Não se pode, não podemos, deixar passar em branco um atentado contra as liberdades individuais mais queridas das pessoas num Estado de Direito, onde a Democracia é suposta realizar-se.
Espero que o MP actue. Que os políticos e as entidades cívicas se pronunciem e, claro, o FCPORTO se indigne como todos nós e exija explicações e consequências.
Estou triste, muito triste com o caminho deste País. Curiosamente, um dos 'recados' que parece o PR Cavaco Silva tocou no seu discurso na AR foi bem ilustrado por esta actuação inaceitável num Estado da União Europeia do Sec. XXI. Às vezes parece que a Realidade retrocedeu a um certo tempo da História.

Mas, felizmente há luar e o FCPORTO acabou por vencer por 3-2, bastando mais uma vitória para o título ser alcançado também em Hóquei Patins neste ano da (des)graça de 2007.

VIVA O FCPORTO, SEMPRE!!!
É que se nada acontecer, apetece-me dizer, em sentido figurado, mas muito empenhado: ÀS ARMAS, ÀS ARMAS...

'jdm.dragão.lisboeta'

AZUL DRAGÃO said...

LUCHO :

Fico à espera do teu próximo comentário...


BOA SORTE !

PS: Os comentários do jdm são pertinentes e relevantes .

Jorge said...

O 25 de Abril nunca chegou a Lisboa. Esta viu-se sempre como a capital do império e lá mantém-se os antigos tiques de raíz salazarista.
Ganhar assim é mais saboroso e nunca nos esqueçamos que foi no galinheiro que o Filipe Santos foi agredido de tal forma que ficou em perigo de vida.
Então em que ficamos? Os Super portam-se mal?`Muitas vezes é verdade. Mas ... onde foram encontradas armas e droga??? onde se deu uma tragédia na final da Taça da Portugal?? Provocada por quem???
E ainda vem com tretas de " aconselhar " os adeptos de voltarem para trás ... palavras da polícia !!!
Sábado é ganhar e sermos hexacampeões ficando com mais um record para as nossas cores.
À noite é encher o Bessa e ganhar de novo.
Força Porto

meirelesportuense said...

Acho que esta é uma questão que deve ser colocada ao MAI - Ministro da Administração Interna - e perguntar-lhe quem deu ordens para que cidadãos Portugueses fossem impedidos de livremente circular no seu País, a não ser que esses senhores pensem que Portugal já não um País Uno e Indevisível e que Lisboa é uma Região completamente Autónoma deste País à beira mar plantado! A Direcção do FCdoPorto tem a palavra! E já agora poupem o Dtr. Rui Moreira nestas minudências...Podemos supor é que a PSP estava com receio de que os SDs iriam a Lisboa para se deslocaram aos Hospitais da Luz e da CUF "apresentarem cumprimentos" aos ilustres Benfiquistas hospitalizados! É sempre melhor jogarem à defesa do que deixarem tocar na "Pantera" e na "Chita" do Recauchutador!...

meirelesportuense said...

Já agora lembrei-me de: recauchutador, pneus, pneumonia!...

meirelesportuense said...

Acho que esta é uma questão que deve ser colocada ao MAI - Ministério da Administração Interna - e perguntar-lhe quem deu ordens para que cidadãos Portugueses fossem impedidos de livremente circular no seu País, a não ser que esses senhores pensem que Portugal já não um País Uno e Indivisível e que Lisboa é uma Região completamente Autónoma deste País à beira mar plantado! A Direcção do FCdoPorto tem a palavra! E já agora poupem o Dtr. Rui Moreira nestas minudências...Podemos supor é que a PSP estava com receio de que os SDs iriam a Lisboa para se deslocarem aos Hospitais da Luz e da CUF e "apresentarem cumprimentos" aos ilustres Benfiquistas hospitalizados! É sempre melhor jogarem à defesa - livra - do que deixarem tocar na "Pantera" e na "Chita" do Recauchutador!...

11:06 PM, April 26, 2007

meirelesportuense said...

Vi um filme há poucos dias que se chamava «Duma» e versava uma história passada em África em que entrava uma Chita um miúdo e um negro. Tinha a Chita umas orelhas mesmo ao jeito do Orelhas e o nome «Duma» é também um tudo nada aparentado com o «Dumbo» outro símbolo Zoófilo e da BD de grande Orelhudo!...

condor said...

Ai meus amigos!Vocês nem parecem de cá!Vocês querem que se apurem responsabilidades por este atentado ao mais elementar direito de qualquer cidadão,que é o de usufruir da sua liberdade?Pois para mim podem esperar sentados!Na melhor das hipoteses a psp recebe elogios da assembleia da républica por ter evitado possiveis desacatos e confrontos entre os adeptos,que iriam provocar dezenas de mortos e feridos!Perguntam alguns:Será que a psp tem medo do benfas?Claro que tem!Neste país o único que não tem medo dessa merda é o FUTEBOL CLUBE DO PORTO,daí tanta tentativa para o destruir!

van d'Alho said...

A moina devia era ter impedido a entrada na "Capital do Império" da equipa de hoquei do FCP e dar a vitória aos mouros por falta de comparencia.
Podia ser que assim a moirama ganhasse alguma coisa!