Tuesday, December 12, 2006

«El Comandante» Lucho e um Porto à Campeão !!!

Nacional-1-FCPorto-2
(J.Vítor, Bruno Moraes, Lucho)
Grande vitória do Porto na Choupana. Grande noite de futebol com os Madeirenses a aguentarem o ritmo na 1ª metade, altura em que marcaram, embora não tenham feito muito por isso. Jesualdo teve que arriscar e colocou Bruno Moraes e mais tarde Ibson nos lugares de Meireles e Assunção. E o Porto fez 30 minutos à Campeão. Um futebol de encanto com muita velocidade e com Quaresma diabólico com duas assistências fenomenais para Moraes e Lucho. O Brasileiro continua a dar-me razão quando acreditei nele na pré-época e disse que ele ia ser importante este ano e o Argentino encanta quem gosta, verdadeiramente, de futebol, com o seu toque de bola, a sua inteligência e com um remate deslumbrante ao minuto 89.
Foi a explosão, o delírio, a loucura no café onde assistia ao jogo, e um pouco por todo o Mundo onde um qualquer Portista anónimo, como eu, assistia, com muita tensão, ao jogo. Um final fantástico de um Porto a demonstrar fibra de campeão e a certeza de continuar líder até ao fim de 2006. Cinco e 11 pontos de avanço sobre verdes e encarnados(-1 jogo) dão tranquilidade e um outro sorriso ao nosso Natal... Obrigado, «El Comandante» Lucho González.

P.S. Foi há 2 anos que o FCPorto ergueu a 2ª taça Intercontinental (frente ao Once Caldas)e se sagrou bicampeão Mundial de Clubes. Pedro Emanuel converteu o penalty decisivo, numa manhã de domingo e o «Lucho» ficou rouco de tanto gritar:) Amanhã dia 13, completam-se 19 anos depois do 1º título Mundial de Clubes em 1987 com Gomes e depois Madjer, no prolongamento, a fazerem os golos do Porto (2-1) frente ao Penarol. Era uma criança mas já era «doente» por esta causa, por este clube e às 3 da madrugada fui para o quarto do meu pai ver o jogo.
Não imaginam a alegria com que vivi aquele domingo especial...Duas datas fantásticas para os adeptos do Clube mais especial do Mundo.

5 comments:

Tripeiro said...

Grande reviravolta do "Comandante".
A vitória foi merecida, principalmente pelo que fizemos na segunda parte.
Na primeira não jogámos muito bem. Como sempre, Quaresma era o único que ia tentando desfazer aquela preguiça.
O golo do Nacional é uma falha de marcação da nossa defesa.
Mas na segunda parte o Porto despertou e mostrou o que é jogar futebol. Fomos para cima deles e encaixamos os três pontos.
(Mais um) grande golo de Lucho González.
Mas o melhor em campo para mim foi o Quaresma, com as duas assistências.
Jesualdo tem razão quando diz que "é com estas vitórias que se vencem campeonatos".

P.S- Penso que fica um pénalti por assinalar a nosso favor, por falta sobre o Bosingwa.

Rumo ao BI!!!!!

Um Abraço,
Tripeiro
http://anti-lampiao.blogs.sapo.pt

Anonymous said...

Uma vitória arrancada a ferros no último súspiro do Dragão na Choupana.
Com muita luta, garra e espirito de conquista, mesmo não fazendo um jogo brilhante em termos técnicos... assim se viu a força dos verdadeiros campeões!
Não há que facilitar perante algum deslumbramento que possa daqui ocorrer com a sequência de vitória em vitória... porque os 'abutres de preto' e não só estão à espreita; basta ver o que ontem, (mais uma vez!) aconteceu.
Esquecem-se que é exactamente isso que nos dá a força de vencer!!
Candeia que vai à frente... ilumina 2 vezes!
Os outros? bem, que se entretenham com a Carolina D'Arc...
aKeLe aBrAçO
http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

Anonymous said...

Grande golo do LUCHO !

strike said...

AI.........AI.....AI..K SOFRIMENTO!!!!!!!

Cristina Salgado said...

E que tal um post sobre a investigação que o Dr. Lourenço Pinto está a ser alvo?
Já agora és servido de chocolatinho quente?