Wednesday, June 13, 2007

Animação para o Santo António

Pinto da Costa passou de arguido a acusado. Mas ainda não condenado. Nem sequer ainda se pode dizer que irá a julgamento. É evidente, não sejamos ingénuos, que a «Morgadinha» quando reabriu o caso foi para formalizar a acusação. Com o único acrescento da palavra da «Cornelina». Armada em Justiceira Nacional, quase Deusa Lusa, a «Morgadinha» trabalhou dia e noite com um só objectivo, acusar o Dirigente do FCPorto, que usa e abusa de humilhações ao Clube da Capital do Império. Ainda acredito na justiça. Isto não vai dar nada. Ontem era véspera de feriado em Lisboa e isto foi mais uma forma de animar as tropas que têm andado com poucas munições. Tudo o que está a ser feito, porque escutas daquelas também há com o Sr.Vieira, demonstra uma perseguição ao FCP, uma perseguição ao Porto. Mesmo sem qualquer ónus de prova, sem qualquer prova de o jogo em causa ter sido deturpado (anularam um golo limpo a McCarthy), a ideia é sujar o nome do Porto, quanto mais tempo melhor, mesmo sabendo que isto não tem pernas para andar...
Na fantástica cidade do Porto vive um povo que não verga, um clube que não desiste e um orgulho que pode ser combatido... MAS NUNCA DERRUBADO!!!

8 comments:

Blownaway said...

Aconselho-vos a leitura do Vou Escrever Um Livro no FCMangalhoes.blogspot.com. Muito bom.

Anonymous said...

Pinto da Costa foi ontem formalmente acusado no seguimento do já famosíssimo Porto - Estrela da Amadora, o tal jogo absolutamente crucial para o Porto, em que liderava o campeonato com 11 pontos de vantagem sobre o segundo, e em que o Estrela já havia inclusivamente descido de divisão. Para além disso, rezam as críticas à arbitragem que a única equipa prejudicada naquele jogo, foi precisamente o Porto... portanto, provas ou indícios de corrupção e benefícios como consequência dessa alegada corrupção, não existem... Ou melhor, existem, escritos num livro de autoria de uma puta ressabiada, pois de facto não tem outro nome.

Então, eu dei por mim a pensar: "Vou escrever um livro!". Se uma puta sem formação o escreveu, ou mandou escrever, ou recebeu indicações e foi paga para que o mandasse escrever, então não deverá ser assim tão difícil quanto isso. E vou escrever um livro não sobre Calabotes, pois a história já é velha, mas sim sobre acontecimentos mais recentes em torno do livro que constitui prova, em torno de um famoso Estoril-benfica, em torno de várias ligações perigosas entre Câmara Municipal de Lisboa e benfica, em torno de conflitos de interesses entre dois clubes da primeira liga, em torno de um campeonato ganho com mais de uma dezena de golos irregulares, em torno desta, esta e esta escutas telefónicas mas que não constituíram prova crime, em torno desta e desta transferência entre clubes na semana anterior ao jogo entre essas mesmas equipas, em torno do aliciamento de jogadores, em torno da dualidade de critérios da Comichão Disciplinar da Liga aqui, aqui , aqui e aqui, em torno de agressões em aeroportos, em torno dos gestos obscenos e das acusações aos colegas de profissão, em torno das ligações da Maria José Morgado ao Luís Filipe Vieira, etc.

E já agora, porque não um filme? Ou uma compilação de filmes! É que filmes, já existem muitos! Existe o filme do Estoril-benfica, existe o filme dos penaltis que não existiram e dos golos precedidos de falta, existe o filme das agressões no aeroporto, existe o filme do eu não possuo qualquer acção do Estoril SAD, existe o filme da veia do Nuno Gomes, existe o filme do dedo do Veiga, existem tantos filmes que certamente faríamos uma longa metragem ao estilo do "Dez Mandamentos".

E por falar em filmes, será que Botelho, no seu filme "Corrupção", também vai incluir os encontros entre LFV e Carolina, em que ele lhe pergunta quanto quer para escrever o livro? Também vai incluir os encontros entre Carolina e Leonor Pinhão, para discutir o conteúdo do livro? Também vai incluir as investigações feitas pelo semanário "O Sol", as quais provam uma série de incoerências e mentiras no livro de Carolina? Será que vai incluir tudo isto e muito mais?

Para terminar, e relativamente à acusação ao Pinto da Costa, transcrevo estas palavras do Fernando Santos, no Editorial de hoje de O Jogo:

"Para além da mudança de estatuto, de arguido para acusado, o novo passo não garante que o presidente do FC Porto vá a julgamento. Antes disso, terá de haver a instrução das acusações, o debate instrutório e só então o despacho de pronúncia, se a decisão do tribunal for essa. "

E depois disto, ainda terá de se provar em tribunal sem margem para dúvidas que Pinto da Costa é efectivamente culpado no meio disto tudo, pois como o próprio DIAP diz: "As provas não permitem afirmar, com um grau de certeza razoável, que os ditos serviços foram oferecidos e aceites com o sentido da contrapartida de uma actuação fraudulenta por parte da equipa de arbitragem".

Como já li algures, a instrução de Pinto da Costa como arguido, irá comprar mais tempo e maior popularidade a Maria José Morgado. Se este caso chegar a tribunal, então ainda comprará mais tempo e mais popularidade. No meio disto tudo, o tempo vai passando, e o que sei é que se não for tudo resolvido até Janeiro 2009 (e falta apenas um ano e meio), o processo será arquivado por expiração.

Para todos os efeitos, e apesar da equipa fantástica que o Porto tinha nessa época, apesar de alguns desses jogadores serem considerados os ou dos melhores do mundo nessas posições, apesar de o Mourinho ter sido considerado o melhor treinador do mundo, apesar de termos ganho a UEFA e a Champions League e certamente não precisarmos de favores para ganhar a um Estrela da Amadora, o Pinto da Costa e o Porto já foram julgados e condenados na praça pública, por este tão mesquinho, tão pouco inteligente e tão pobre povinho português.

zé da póvoa said...

Caro Lucho,
É evidente que todo este processo, quer na fase inicial, quer na fase Morgado, tem como único objectivo atingir Pinto da Costa e eventualmente alguns dos seus "compagnons de route". Porque é que não fizeram escutas a sul. Os telemóveis do Orelhas e do Veiga deveriam ter coisas muito importantes, aliás, ainda que, por via indirecta, soube-se do pedido de um Ferreira e soube-se das beijocas. Se as escutas fossem directas o que não se saberia mais?
Agora o que é pretendido é atacar PC e o nosso FCP. A verdade é que nós também estamos a contribuir para o desespero da mafia encarnada, porque continuamos a ganhar tudo e eles cada vez nos têm mais ódio! Só é pena que PC também não tenha tido cuidado com as suas companhias. Como diz o povo: "quem se deita com meninos, aparece mijado".
Saudações azul e brancas.

Anonymous said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Anonymous said...

2ªdivisão convosco!
olé ol+e!

Anonymous said...

DESTA vez não apago o teu comentário.
LUCHO

Francisco said...

Permitam-me transcrever um artigo do JN ?, inscrito hoje na página 14.
Com a devida vénia passo a transcrever:
Preto e Branco
Causa e efeito
de Paulo Ferreira (Chefe de Redacção)
O APITO
Os ingénuos por cuja cabeça passou a ideia de que a escolha de Maria José Morgado- a guardadora dos bons costumes dos tempos modernos- para vasculhar o "o Apito Dourado" não redundaria na acusação formal de Pinto da Costa andam agora com um sorriso de orelha a orelha. Eis um exemplo da alegria: "Os tempos que aí vêm exigem ainda mais prudência (a Pinto da Costa). Mas que ningém festeje. O que existe, para já, é uma acusação. Grave, mas 'apenas' uma acusação. Falta provar que um campeão também se constrói com 'alternadeiras' e vinho verde".
Esta coisa saiu da cabeça do subdirector do diário desportivo "Record". Quem compra o jornal saberá seguramente avaliar o bom gosto de NUNO FARINHA.
Para o caso, não é a qualidade da escrita que interessa. É a ligação que NUNO FARINHA faz entre a acusação a Pinto da Costa e a construção do "campeão" F.C. Porto. Ao subdirector do "Record" - e a tantos, tantos outros - é isso que dói: o facto, infelizmente para eles tantas vezes repetido ao longo das últimas duas décadas, de o F. C. Porto se ter superiorizado aos "grandes" de Lisboa.
Esse imperdoável sacrilégio não lhe passa, nunca lhe passará, pela garganta.
A punição de Pinto da Costa, a consumar-se, servirá ao país que NUNO FARINHA imagina representar como prova evidente de que os maus acabam castigados, como prova de que a Justiça tarda mas não falha. Consegue ouvir-se ao longe o suspiro de alívio do subdirector do "Record". Deus nos livre que Pinto da Costa seja absolvido, como já aconteceu neste mesmo caso, entretanto reaberto por via do que conta num livro a ex-companheira do presidente do F.C. Porto. Deus nos livre. Voltaríamos ao inferno da Justiça incapaz de punir os Ímpios que NUNO FARINHA jurou perseguir.
Sobretudo quando os ímpios ganham campeonatos e conquistam títulos europeus.
Os processos que envolvem Pinto da Costa farão o seu caminho, como todos os outros sob a alçada da Justiça. E Pinto da Costa deve ser condenado, se houver matéria para tal. Isso é uma coisa. Outra é esta rebuscada mania de lançar lama sobre o percurso vitorioso do F. C. Porto.
Ligar as duas coisas é prova de estupidez e mau perder.
Já ligaram o apelido "FARINHA", não vos lembra qualquer coisa (relacionado com os Porcos da Bola) que passava na SIC de autoria do Jorge Snaidzer ?
Saudações blues

Francisco said...

Fiquei deveras surpreendido com a atitude do "Senhor Fala Bem", em querer fazer uma OPA ao SLB.
E de boca aberta fiquei ao saber dos imensos "tansos" que responderam à chamada.
Assim conseguiram que papeis que nada valem e que estavam em queda contínua, valorizassem 80%, numa só sessão ? Será que a CMVM, sempre atenta aos movimentos do mercado, estava a dormir?
O tal "senhor Fala Bem", ofereceu 3,5€ por acção , o que é certo é que elas fecharam a 4,tal€.
Vamos esperar por 2ª feira para podermos analisar esta GOLPADA.
Este súbito aumento deve ser para comprar alguns jogadores na Argentina, onde se encontra o Sr Veiga, que também deve ter comido algum hoje, com o aumento das acções.
A VERDADE É COMO O AZEITE, HÁ-DE VIR À TONA.
Esperemos...................